Porto Seguro | Bahia | Brasil
Todas as exibições e palestras são gratuitas para públicos de todas as idades!
Logo-Festival
EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

Realização

BRAXIL FILMES

Patrocínio

OIP-1

Realização: BRAXIL FILMES

Patrocínio:

Farmácia-Indiana
Prefeitura de Porto Seguro
OIP-1
CAIXA_2cores_positiva
BRASIL

Homenageados 2022

5ª Edição: Novas Referências

LAZARO RAMOS ARTE

Lázaro Ramos

CATEGORIA CINEMA BRASILEIRO

Luís Lázaro Sacramento de Araújo Ramos, é baiano, nascido em Salvador, 01 de novembro de 1978. É ator, apresentador, dublador, cineasta e escritor de literatura infantil brasileiro. É casado com Taís Araújo, tem dois filhos: João Vicente e Maria Antônia. Iniciou sua carreira artística no teatro, já foi apresentador ancora no Fantástico, e ganhou notoriedade no cinema ao interpretar o filme Madame Satã, com uma carreira brilhante, inúmeros prêmios, Lázaro estreia como diretor com o filme Medida Provisória. A trama se passa num futuro distópico em que o governo brasileiro obriga os “cidadãos afrodescendentes” a voltarem à África, em uma iniciativa de reparação pelo passado escravocrata, criando caos, protestos e um movimento de resistência que inspira a nação. O filme foi roteirizado com base na peça “Namínia, não!”, do ator e escritor baiano Aldri Anunciação, que também atua na obra. Um belo resultado de direção e um sucesso de bilheteria nacional. A carreira de Lázaro é um exemplo de êxito e de Novas Referências, do Brasil para o mundo!

SILVIO TENDLER ARTE

Silvio Tendler

CATEGORIA SUSTENTABILIDADE

São tantas conquistas, atuações, prêmios e títulos, que a Menção Honrosa é um merecimento por seus 48 anos de carreira no cinema brasileiro. Silvio Tendler produziu e dirigiu mais de 80 filmes entre curtas, médias e longas-metragens em formato documental e vídeos, além de 12 séries. Possui as três maiores bilheterias do documentário brasileiro (“Os anos JK – Uma trajetória política”, “O Mundo Mágico dos Trapalhões” e “Jango”), mais de sessenta prêmios, e uma filmografia exemplar, que é base documental para estudos de conhecimento e comportamento de nossa cultura brasileira. Mestre em Cinema e História, membro titular do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e Curador do cineclube, atuante nas políticas públicas nacionais e um documentarista excepcional que nos proporciona uma filmografia vasta de tirar o chapéu e esticar o tapete vermelho! Professor honoris causa pela Universidade Federal de Ouro Preto (PGOP), licenciado em História pela Université de Paris VII/Jussieu, notório saber pela PUC, mestre em Cinema e História pela École des Hautes-Études/Sorbonne e especializado em Cinema Documental aplicado às Ciências Sociais no Musée Guimet, também na École des Hautes-Études. Foi professor da PUC-RJ por 41 anos.
Ocupa os cargos de Coordenador dos Pesquisadores do Projeto para novas ferramentas e equipamentos públicos para a Cultura de Maricá, membro titular do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e Curador do cineclube CineMacunaíma da ABI. Nos últimos 3 anos, entre 2018 e 2021, dirigiu 9 longas-metragens: “Alma Imoral” (que obteve 2 indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2020 nas categorias de melhor documentário e melhor roteiro adaptado)”, “Dedo na Ferida” (vencedor do prêmio do público no Festival do Rio de 2017), “Fio da Meada”, “Ferreira Gullar, Arqueologia do Poeta”, “Santiago das Américas ou o olho do Terceiro Mundo”, “Ibiúna, Primavera Brasileira”, e o curta “Castro Maya”. Em 2020, lançou “Em Busca de Carlos Zéfiro” e “Nas Asas da PanAm”, e em 2021 os longas “Chico Mário- a melodia da liberdade” e “A Bolsa ou a Vida”. Para 2022 prepara a série de 13 episódios “Arte Urbana”, e os longas “Saúde tem Cura”, “O Futuro é nosso!” e a biografia de Leonel Brizola. À frente da Caliban Produções Cinematográficas, fundada em 1981, direcionou a empresa para a especialização em filmes históricos de cunho social. Em mais de 40 anos de atuação com a Caliban, e 48 anos de cinema, dentre eles seis Margaridas de Prata – C.N.B.B e o Prêmio Salvador Allende no Festival de Trieste, Itália, pelo conjunto da obra. Parte das pesquisas de seus filmes têm origem no volumoso acervo particular de imagens, com mais de 80.000 (oitenta mil) títulos sobre a História do Brasil e do Mundo dos últimos 60 anos, sendo, possivelmente, o maior do gênero existente no Brasil. Ao longo de sua trajetória, Silvio Tendler foi Presidente da Federação de Cineclubes do Rio de Janeiro e da Associação Brasileira de Cineastas; Diretor de Arte e Cultura da Fundação Rio, ligada à Rio Arte (1988); Diretor do Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho (Castelinho do Flamengo), instituição vinculada à Secretaria Municipal de Cultura e à Prefeitura da Cidade do Rio (1992); Diretor da TV Brasília, do Grupo Correio Brasiliense (1995); Secretário de Cultura e Esporte do governo Cristovam Buarque, no Distrito Federal (1996); Diretor da Coordenação de Audiovisual para o Brasil e o Mercosul da Unesco, organismo vinculado às Nações Unidas voltado para a Educação e Cultura (1997); é professor do Departamento de Comunicação Social da PUC-RJ, desde o ano de 1979 e membro fundador da Fundação Novo Cine Latino-Americano e do Comitê de Cineastas da América Latina. Premiações e Homenagens Troféu Fundação Memorial da América Latina, IX Festival de Cinema Latino Americano de São Paulo (2014). Medalha Chico Mendes de Resistência, Associação Brasileira de Imprensa (2013). Homenagem do Festival Internacional de Biografias (2013). Homenagem pelo Talento em traduzir a identidade brasileira, COPPE UFRJ (2013). Título de Cidadão de Niterói, Câmara Municipal de Niterói (2013). Prêmio Parceiros da Paz e da Sustentabilidade 2012 – 2016, Agência Brasil Sustentável (2012). Homenagem no Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro, FestFilmes (2012). Mostra em Homenagem – O Documentário Segundo Silvio Tendler, IBRACINE – Ibero Brasil Cine Festival (2011). Notório Saber, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2011). Homenagem do Festival, VIII Santa Maria Vídeo e Cinema (2009). Diploma de Honra ao Mérito, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2009). Homenagem retrospectiva, X Festival de Cinema de Paris (2008). Medalha Tiradentes, Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (2008). Prêmio Golfinho de Ouro pelo conjunto da obra, Governo do Estado do Rio de Janeiro (2005). Homenagem pelos 13 anos de luta do Jornal Inverta, Jornal Inverta (2004). Homenagem do Governo de Minas Gerais por participação na campanha pelas Diretas Já, Governo do Estado de Minas Gerais (2004). Homenagem do Governo do Estado com inauguração da Sala de Cinema Silvio Tendler em São João de Meriti, Governo do Estado do Rio de Janeiro (2003). Medalha JK Centenário JK, Ministério da Cultura (2003). Membro fundador da Fundação do Novo Cinema Latino-americano, Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (1986). Medalha Pedro Ernesto, Município do Rio de Janeiro (1984). Troféu de Melhor Documentário com o filme “ Dedo na Ferida” no Festival de Cinema do Rio (2017). Documentário “Dedo Na Ferida” recebe Menção Honrosa do Júri no Festival CineAmazônia. Em 2021 ganhou os prêmios de melhor roteiro no Festival de Cinema de Caruaru pelo filme Nas Asas da Pan Am, e pelo mesmo filme ganhou no Santos Film Festival o prêmio de Melhor direção de longa-metragem. Ainda em 2021 venceu também o 38° Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo pelo filme A Bolsa ou a Vida.

LUIZ BOLOGNESI ARTE

Luiz Bolognesi

CATEGORIA SUSTENTABILIDADE

Entre 1996 e 2015, Luiz Bolognesi coordenou os projetos de cinema itinerante e oficinas audiovisuais Cine Mambembe e Cine Tela Brasil, promovendo o encontro entre cinema e educação nas comunidades de baixa renda, ao lado da também cineasta Laís Bodanzky. O projeto já levou mais de 1.3 milhões de pessoas ao cinema em 759 bairros de todo o Brasil e produziu mais de 450 curtas de jovens moradores de periferias. É roteista e diretor de cinema. Escreveu com Davi Kopenawa Yanomami e dirigiu o filme A Última Floresta, 2021, que recebeu o prêmio de melhor documentário do Platino Award, prêmio do público de melhor filme no Festival de Berlim (Panorama), de melhor filme do júri no Festival de Seul, Coréia (SEFF) e Melhor Direção no Festival de Guadalajara. Escreveu e dirigiu o longa-metragem de animação Uma História de Amor e Fúria (2013), vencedor do prêmio Cristal de Melhor Longa Metragem em Annecy (França). O documentário Ex-pajé, recebeu o prêmio especial do júri nos festivais de Berlim e Chicago, prêmio da Crítica no Festival É tudo Verdade; melhor fotografia de documentário no Festival de Montreal, prêmio de Melhor roteiro de documentário da Associação Brasileira de Roteiristas e Melhor documentário da Academia Brasileira de Cinema.
Também escreveu e dirigiu diversos filmes, e séries, também premiadas. Escreveu os roteiros dos filmes Bicho de Sete Cabeças (2001), O Mundo em Duas Voltas (2006), Chega de Saudade (2007), Terra Vermelha (2008), As Melhores Coisas do Mundo (2010) e Amazônia, Planeta Verde (2014), Elis (2016), Como Nossos Pais e Bingo – O Rei das Manhãs (2017) que receberam prêmios de melhor roteiro da Academia Brasileira de Cinema, APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e nos festivais de Brasília e Recife. Além dos prêmios de roteiro, esses filmes participaram e foram premiados em diversos festivais, como Berlim, Veneza, Toronto, Locarno, Biarritz, Los Angeles, Roma, Miami, Havana, Nova Delhi, Recife, Gramado e Brasília. Foram vendidos para cinco continentes e vistos por mais de 40 milhões de espectadores em televisões de diversos países, inclusive Rede Globo e HBO América Latina.

Filmografia – Longas e Documentários
A Última Floresta – 2021
Ex-Pajé – 2018
Amazônia, Planeta Verde – 2013
Uma História de Amor e Furia – 2012
As Melhores Coisas do Mundo – 2010
Chega de Saudade – 2008
Terra Vermelha – 2008
A Guerra dos Paulistas – 2002
O Bicho de Sete Cabeças – 2000
Cine Mambembe, o Cinema Descobre o Brasil – 1999
Pedro e o Senhor – 1995

Séries
Guerras do Brasil – 2019 (5 episódios)
Juventude Conectada – 2016 (5 episódios)
Educação.doc – 2014 (5 episódios)
Lutas.doc – 2010 (5 episódios)

LIGIA MENDES ARTE

Lígia Mendes

CATEGORIA COMUNICAÇÃO

Lígia Mendes é talentosa comunicadora desde criança. É atriz, apresentadora e radialista, e com muita honra, vai realizar a Cerimônia de Abertura do V Festival de Cinema de Trancoso, dia 13 de setembro de 2022. Lígia estreou no comando do programa ‘Clipe Show’ pela TV Horizonte, aos 18 anos, ficou por 5 anos e foi para São Paulo, trabalhar na Band, onde cobria o carnaval de Salvador, depois para o SBT e dividiu a apresentação das duas primeiras temporadas do ‘Ídolos’ com Beto Marden. Apresentou, sozinha em rede nacional, os realitys ‘Quem Perde, Ganha’, e ’10 Anos Mais Jovem’, versão brasileira do programa dos EUA, 10 Years Younger, e fez participações nas novelas ‘Vende-se um Véu de Noiva’ e ‘ Uma Rosa com Amor’. Desde 2008, comanda o programa ‘Missão Impossível’ na Jovem Pan FM, em São Paulo, com Bob Fernandez.

Caio Vecchio

Caio Vecchio

CATEGORIA REGIONAL

Caio Vecchio merece esta homenagem por sua carreira, sua forte ligação com Trancoso e pelo conteúdo de seu novo filme: Brasil Novo – Conflitos do Desenvolvimento, um documentário que aborda a ansiedade climática da juventude, concretizada por um estudo que concluiu que muitos jovens não desejam mais ser mães/pais, por acreditarem que o futuro do planeta será insuportável. Ambientalistas, produtores rurais, intelectuais, artistas, cientistas, jovens empreendedores e lideranças indígenas falam sobre os desafios do presente e suas visões de futuro. Um registro de um momento importante que a humanidade atravessa.

RUBY O FEE ARTE

RubY O. Fee

CATEGORIA INTERNACIONAL

Ruby Moonstone Camilla Willow Fee nasceu na Costa Rica e viveu em Trancoso, Bahia, Brasil, em sua infância, morou também na Índia e em regiões da África. Ela é fluente em português, bem como alemão e inglês. Ruby apareceu em quase 30 projetos internacionais e nacionais de cinema e televisão e é multicampeã do Jupiter Award e do Günter Strack Television Award como melhor atriz. No filme “Exército dos Ladrões”, de Zack Snyder, ela estrelou ao lado de Nathalie Emmanuel, Stuart Martin, Guz Khan e Matthias Schweighöfer, que também dirigiu, e é um dos últimos filmes lançados pela NETFLIX. Ruby O Fee tem uma filmografia extensa como atriz em grandes produções de Hollywood e na Alemanha, e quer filmar no Brasil!

KEVIN MC GUIRE ARTE

Kevin Mc Guire

CATEGORIA INTERNACIONAL

Kevin foi nomeado o Primeiro Artista Associado no “Capital Repertory Theatre”. Ele ensinou atores na New York University e Circle na Square Theatre School por mais de vinte anos. Seus alunos apareceram em teatros, filmes e televisão em todo o mundo. Marcou os palcos como ator na Broadway, National, International Tours como OS MISERÁVEIS (Jean Valjean), O FANTASMA DA ÓPERA (M. Andre, Phantom), O JARDIM SECRETO (Uncle Archie), JANE EYRE (John Eyre, como Assistente de Direção e muitos espetáculos fora da Broadway, como o New York Shakespeare Festival. Kevin recebeu elogios do New York Times por sua primeira ópera. apareceu no DER FREISCHUTZ da Heartbeat Opera como Kuno. Kevin já dirigiu peças de teatro e atuaou em filmes e televisão, e estará em Trancoso para ser homenageao por sua carreira e para ministrar um WorkShop gratuito para atores da região.

 

KEVIN MCGUIRE is an award winning Actor, Director and Teacher of theater in New York City.
He has taught actors at New York University and Circle in the Square theater School. Kevin has taught a private class for over twenty years.
His students have appeared in theaters, films and television around the world.
As an Actor Kevin appeared on
Broadway, National, International Tours: LES MISERABLES(Jean Valjean) , THE PHANTOM OF THE OPERA( M. Andre, Phantom) THE SECRET GARDEN( Uncle Archie), JANE EYRE( John Eyre, Assistant to director John Caird)
Kevin was named the First Associate Artist at Capital Repertory Theater.
At theREP: MAN OF LA MANCHA,RED, A CHRISTMAS CAROL, OTHER DESERT CITIES, CAMELOT, SHE LOVES ME, THE SECRET GARDEN, SHAKESPEARE IN LOVE, THE FULL MONTY, THE IRISH AND HOW THEY GOT THAT WAY.
In New York, Kevin appeared in the Heartbeat Opera’s DER FREISCHUTZ as Kuno, receiving rave reviews from the New York Times for his first Opera.
Off Broadway:
FORBIDDEN BROADWAY( original cast), BIG MAGGIE( original cast )
THE SEAGULL, HAMLET( CSC), MUCH ADO ABOUT NOTHING, THE GILDED AGE, A MIDSUMMER NIGHT’S DREAM, Goldoni’s IL CAMPIELLO, WAITING FOR GODOT( director Alan Schindler), ROMEO AND JULIET ( New York Shakespeare Festival)
Kevin is a company member at The Irish Repertory theater in New York.
Denver Center Theater Company in the American Premiere of Nick Dear’s FRANKENSTEIN and SWEENEY TODD) Shakespeare Theater DC HENRY IV PART ONE, HENRY IV PART TWO( dir Michael Kahn)
Hartford Stage, Arizona Theater Company, Williamstown Theater Festival, Troy Foundry Theater. Edna Trunblat in HAIRSPRAY. Kevin played George in SUNDAY IN THE PARK WITH GEORGE.
Three seasons with The Juilliard Acting Company on Tour America.
Trained at Juilliard.
As a director:
Kevin directed HAMLET at the Capital Repertory Theater. SOME PEOPLE HEAR THUNDER and over fifty productions at The Theater Company Hubbard Hall were he served as Artistic Director for ten years.
On Film Ernest Hemingway in Matthew Barney’s RIVER OF FUNDAMENT and A MAP OF THE WORLD among others
On Television: Midnight Caller and the daytime soap opera Search For Tomorrow among others.

Paula Mordente
Menção Honrosa - Originalidade Audiovisual
Javier Domingo
Menção Honrosa - Originalidade Audiovisual
Niv Fishman
Honrable Mention - International Producer
Andrea Barata Ribeiro
Menção Honrosa - Produtora Nacional
Fernanda Heinz
Menção Honrosa - Regeneração do Planeta
Wagner de Assis
Menção Honrosa - Regeneração do Planeta
Marcelo Galvão
Menção Honrosa
Carlos Saldanha
Menção Honrosa
Beto Gauss
Menção Honrosa
Giuliano Chiaradia
Prêmio Originalidade Audiovisual
Gustavo Abah
Prêmio Originalidade Audiovisual
Monday Feelings
Prêmio Originalidade Audiovisual
Hildebrando Pontes
Prêmio Originalidade Audiovisual
Sid Pereira
Prêmio Originalidade Audiovisual
Walter Salles
Menção Honrosa
Charlie Chaplin
Homenagem Internacional sob a perspectiva do Mundo
Humberto Mauro
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Memória do Cinema
Neville D' Almeida
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Excentricidade
Jorge O Mourão
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Excentricidade
Ney Matogrosso
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Excentricidade
Halder Gomes
Homenagem Nacional sob a perspectiva do Cinema Nordestino
Maria Bethânia
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Mulher na Música
Dona Onete
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Mulher na Música
CINEPORT
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Língua Portuguesa
Oscar Niemeyer
Homenagem Nacional sob a perspectiva da Arquitetura e Urbanismo
Alexandre Robatto
Cineasta Pioneiro da Bahia
Sônia Robatto
Homenagem Talentos Locais
Ney Latorraca
Homenagem História
Carla Camurati
Homenagem História
Làmppi - o Ator
Homenagem Talentos Locais
Augusto Sevá
Homenagem Talentos Locais
Paulo Martins
Homenagem Talentos Locais
Gláuber Rocha
Homenagem História
Bruna Lombardi
Homenagem Mulheres no Cinema
Robert Rodriguez
Homenagem Internacional
Mariana Aydar
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Juliano Pozati
Homenagem Novas Ideias
Tânia Montoro
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Sara Silveira
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Vânia Catani
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Bruna Lombardi
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Pedro Almodóvar
Homenagem Proibido Internacional
Helena Ignez
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Ramon Navarro
Homenagem Proibido Nacional
Raquel Hallak
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Lucrécia Martel
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Liz Marins
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Leandra Leal
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Petra Costa
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
Barbara Paz
Homenagem Mulheres Notáveis do Cinema
plugins premium WordPress

0

EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

COTA POST

R$1.500
Logomarca no site
Logomarca projetada na Igreja
1/8 de página na revista (Foto + Contato + Marca)
Post nas Mídias Sociais
Azulejo de estabelecimento parceiro
Nome
Contato
Descrição

Parceiros 2022

Parceiros 2022

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site.